Comprando um monitor ultrawide para Mac: o guia definitivo…



Mais e mais pessoas estão mudando para um monitor ultrawide para a configuração do Mac. Mas que tipo de monitor ultrawide você deve comprar para o seu Mac? Aqui está literalmente tudo o que você precisa saber…


Todo mundo tem seus próprios motivos para querer mais espaço na tela, desde uma experiência de mídia imersiva até uma configuração de tela de alta produtividade.

Se você está comprando seu primeiro monitor ultrawide para o seu Mac, há algumas coisas que você deve saber para ter certeza de escolher a melhor tela para você. Este guia abrange todos os detalhes necessários para escolher o monitor ultrawide perfeito.

Por que comprar um monitor ultrawide para o seu Mac?

Quando você está escrevendo um e-mail ou redação no seu MacBook, provavelmente passa muito tempo pulando entre guias e programas. Não seria bom ter todas essas informações visíveis de uma só vez?

Quando você está assistindo a um filme no seu Mac, seria muito legal ter sua própria configuração de home theater em sua mesa, certo? Estes são apenas alguns exemplos dos muitos benefícios de um monitor ultrawide.

Obter um monitor externo para o seu Mac consome a potência e o desempenho do seu Mac e oferece mais espaço na tela para trabalhar. Os monitores ultrawide são as maiores telas do pacote, oferecendo o dobro ou o triplo do espaço de tela com o qual o seu MacBook vem.

Da mesma forma, se você estiver usando um Mac Mini, trocar um monitor padrão por um monitor ultrawide pode ser uma grande atualização.

Qualquer configuração de trabalho do Mac pode beneficiar de um monitor ultrawide, também. Isso é especialmente verdadeiro se você gosta de fazer coisas como editar vídeos no seu Mac. Uma tela ultralarga maximizará o espaço disponível para aplicativos criativos.

Uma tela grande também é perfeita para uma configuração de trabalho em casa ou no escritório. É mais ergonômico do que trabalhar em um laptop e oferece espaço para todos os documentos, guias e aplicativos necessários para produtividade máxima.

O que torna uma tela “ultrawide”?

Existem muitos monitores grandes por aí, mas o que exatamente faz um um monitor “ultrawide”?

Um monitor ultrawide, por definição, tem pelo menos uma proporção de 21:9. Para aqueles que nunca ouviram falar de proporção antes, refere-se a quanto tempo uma borda da tela é comparada a outra.

Para colocar isso em perspectiva, pense na diferença entre, digamos, a tela de um iPhone 7 e a tela de um iPhone 14. o iPhone 14 tem uma proporção maior porque há uma diferença maior entre as bordas longas e curtas de sua tela.

Portanto, você pode ter dois monitores com tela de “30 polegadas” e um pode ser ultrawide enquanto o outro não é ultrawide. É tudo uma questão de proporção. Existem vários tamanhos de telas ultralargas, portanto, algumas podem ser fisicamente maiores que outras.

É importante notar que muitas telas ultrawide são curvas, mas nem todas. Em geral, as telas ultrawide curvas são mais imersivas, mas algumas pessoas preferem uma tela plana tradicional. Ambos monitores ultrawide curvos e planos pode funcionar muito bem com um Mac. Esse recurso específico é sobre o que você prefere pessoalmente.

Compatibilidade de monitores com macOS

Possivelmente, o fator mais importante a ser entendido antes de comprar um monitor ultrawide para Mac é a compatibilidade. Os monitores são geralmente “plug-and-play” em que você simplesmente os conecta ao seu computador e eles estão prontos para serem usados. Os Macs têm apenas certas portas integradas, o que pode limitar quais monitores são compatíveis com o seu computador.

A maneira mais fácil de abordar a compatibilidade do monitor com o macOS é procurar por USB-C ou Thunderbolt 4. MacBooks (2015 ou posterior) e Mac Minis têm portas USB-C ou Thunderbolt. As portas Thunderbolt são compatíveis com USB-C, pois o Thunderbolt – ou “USB 4.0” – é basicamente apenas uma nova versão do USB-C.

O melhor dessas portas é que elas podem transmitir áudio e vídeo, o que significa que você só precisa de um cabo USB-C para conectar um monitor com alto-falantes embutidos.

Nem todos os monitores podem ser conectados com USB-C, no entanto. A maioria dos monitores tem uma opção HDMI, mas você só pode usá-la se tiver um Mac Mini. MacBooks não têm portas HDMI. Claro, há sempre a opção de usar um Adaptador HDMI para USB-C em uma pitada, mas isso pode ser desajeitado e meticuloso em termos de desempenho.

Para a melhor experiência em sua tela ultrawide, escolha um monitor que tenha conectividade USB-C integrada.

Monitore as especificações técnicas para saber

A parte mais confusa de comprar um monitor é entender as especificações técnicas de cada monitor. Se você não estiver familiarizado com esses termos, pode ser muito difícil dizer quais monitores são melhores que outros.

GUIA DE COMPRA DO MONITOR ULTRAWIDE
  • Salvar

Resolução de tela

De todas as especificações técnicas do seu novo monitor, a que você deve prestar mais atenção é a resolução da tela. Esta especificação descreve o número de pixels que sua tela tem na vertical e na horizontal. A resolução é especialmente importante quando se trata de monitores ultrawide.

Por exemplo, existem alguns equívocos sobre monitores ultrawide, incluindo o mito de que eles podem suportar 4K. Principalmente devido à proporção dos monitores ultrawide, isso não é verdade. A resolução 4K é qualquer coisa acima de 3840×2160 pixels, mas a maioria das telas ultrawide tem apenas 3440×1440 pixels.

Agora, isso não quer dizer que você não possa obter resolução de nível 4K em um monitor ultrawide. Alguns monitores ultrawide de luxo têm o que é conhecido como resolução 5K, que é como 4K para telas ultrawide. Esses monitores têm 5120×2160 pixels. Você obterá uma imagem incrivelmente nítida em seu monitor ultrawide, mas não será barato.

Taxa de atualização

A taxa de atualização refere-se ao número de quadros por segundo na tela do seu monitor. Uma taxa de atualização mais alta equivale essencialmente a um movimento “mais rápido” na tela sem desfoque ou perda de quadros.

As taxas de atualização geralmente são 60 Hz, 120 Hz, 144 Hz, ou às vezes até mais de 200 Hz. Por um lado, sua taxa de atualização é limitada pelos recursos do seu computador. Seu Mac só pode apresentar uma determinada taxa de atualização de pico, independentemente da taxa de atualização do seu monitor. Isso geralmente limitará você a uma taxa de atualização de 60 Hz, mas isso será bom para a maioria das pessoas.

Para aqueles que gostariam de uma taxa de atualização mais alta, é possível. Você precisará de um cabo DisplayPort para obter uma taxa de atualização superior a 60 Hz. Macs não têm DisplayPort, portanto, você precisará obter um cabo que tenha USB-C em uma extremidade e DisplayPort na outra. Você terá que verificar a descrição do cabo antes de comprá-lo e confirmar se ele suporta a taxa de atualização que você está procurando.

FreeSync e GSync

Esse recurso de monitor é principalmente relevante apenas para jogadores, mas pode ser um recurso geralmente útil. O FreeSync corresponde ou “sincroniza” automaticamente a taxa de atualização do seu computador e do seu monitor. Portanto, se o seu Mac e seu monitor não tiverem a mesma taxa de atualização, o monitor será sincronizado automaticamente com a taxa de atualização do seu Mac. Isso garante que a imagem permaneça suave e não “rasgue” durante os jogos ou assistindo a vídeos.

densidade de pixels

A densidade de pixels é uma medida de quantos pixels por polegada, ou “PPI”, estão na tela. Como regra geral, uma densidade de pixels mais alta resultará em uma imagem mais nítida. É possível que o seu MacBook tenha uma densidade de pixels maior do que o seu monitor. No entanto, a densidade de pixels geralmente não é tão perceptível, a menos que você esteja olhando muito de perto para uma tela ou comparando duas telas lado a lado.

Se você planeja usar o monitor ultrawide com o Mac para editar fotos e vídeos, assistir mídia ou jogar, uma densidade de pixels mais alta será útil. Para a maioria das outras aplicações, porém, uma alta densidade de pixels é boa, mas geralmente não é necessária.

TN, IPS e VA (tipo de painel)

Cada monitor tem um tipo de painel específico, que é o tipo de tecnologia de tela LCD usada para a própria exibição física. Existem três tipos principais: TN, IPS e VA.

Os monitores TN geralmente são os mais baratos e tendem a ter o melhor valor em termos de movimento e taxa de atualização. Em comparação, as telas IPS e VA geralmente são mais caras, mas oferecem uma imagem mais nítida. No entanto, às vezes eles podem se esforçar para manter essa imagem nítida e, ao mesmo tempo, atingir altas taxas de atualização.

O tipo de painel certo para você dependerá do que você planeja fazer em seu monitor. Se você gosta de jogar no seu Mac, provavelmente apreciará uma tela TN. Da mesma forma, se você quiser editar fotos, uma tela IPS nítida provavelmente será melhor.

Todos os três tipos de painéis são bons para uso multiuso, portanto, se você não tiver certeza de qual escolher, lembre-se de que o TN economizará algum dinheiro, enquanto o IPS e o VA fornecerão uma imagem mais nítida.

O que procurar em um monitor ultrawide para Mac

Então, com todas essas especificações técnicas e detalhes de compatibilidade em mente, o que você deve realmente procurar em um bom monitor ultrawide? Isso depende muito do uso e do orçamento.

Se você quiser usar seu monitor ultrawide para jogar videogame no seu Mac, priorize as taxas de atualização. Embora a maioria dos Macs não consiga oferecer mais de 60 ou 120 Hz de taxa de atualização, tente obter a maior taxa de atualização possível com seu modelo específico de Mac. Um monitor com FreeSync é um ótimo caminho a percorrer.

Se você quiser usar seu monitor ultrawide para edição de vídeo, foto ou áudio ou assistindo a filmes, priorize a densidade de pixels e o tipo de painel. Se você puder pagar, uma tela IPS fornecerá uma imagem clara e nítida que será perfeita para capturar todos os detalhes em imagens de alta resolução. É sempre bom ter alta densidade de pixels e ajudará mesmo que você só consiga colocar as mãos em um painel do tipo TN.

Para aqueles que planejam usar seu monitor ultrawide principalmente para fins de trabalho, processamento de texto e produtividade, você deve procurar um bom equilíbrio entre todas as especificações técnicas mencionadas acima.

Para esta categoria, você deve começar focando principalmente no tamanho da tela desejada, seja 30 polegadas, 50 polegadas ou qualquer outro tamanho específico de uma tela ultralarga. Um tipo de painel IPS ou VA será bom ter, mas se isso estiver fora do seu orçamento, procure um painel TN com uma densidade de pixels mais alta. O FreeSync é um recurso conveniente, mas você não precisará necessariamente dele.

Monitores Ultrawide para Mac

Os monitores ultrawide podem ser um complemento fantástico para um Mac Mini ou MacBook. Eles não apenas oferecem o máximo de espaço na tela, mas também são ótimos para jogos, assistir filmes, editar e produtividade geral.

Enquanto você procura o melhor monitor ultrawide para a configuração do seu Mac, use este guia para ter certeza de escolher um com as especificações certas para você. Com o monitor ultra-amplo perfeito, você obterá o máximo de valor e desempenho do seu dispositivo Mac!

Confira nossas principais escolhas atuais para o melhores monitores ultrawide para Mac – também há uma opção para todos os orçamentos, do barato ao ultra-premium e tudo mais.

  • Salvar

Devin Partida

Devin Partida é o editor-chefe da revista ReHack. Ela aborda tópicos relacionados a dados, segurança cibernética, investimentos em tecnologia e muito mais.

Continue lendo

Compartilhar via
Link de cópia
Distribuído por Snap social